Dorival
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Após o empate em 1×1 contra o Goiás no Serra Dourada, o treinador do Flamengo, Dorival Júnior, não escapou das perguntas sobre o mal desempenho da equipe diante do Esmeraldino, que deixaram o Flamengo na terceira colocação do Brasileirão.

O treinador apontou a forte marcação do Esmeraldino no confronto deste domingo, como principal ponto para o resultado.

“Nós procuramos trabalhar da maneira correta, enfrentamos uma marcação muito forte. Não tivemos a dinâmica de troca de passe que nós sempre tivemos e demonstramos na maioria dos jogos. Com isso, é natural que você quando chegava à frente do gol adversário, eram jogadas muito forçadas. (…) Eu sinto, porque nós não tivemos essa paciência de trabalharmos a bola na frente da área adversária, invertermos o lado do jogo para que daí houvesse uma infiltração, uma penetração. De um modo geral, nós tivemos um comportamento muito bom defensivamente”, analisou o treinador.

Passado o compromisso diante do Goiás, o rubro-negro volta para o Rio e se prepara para os próximos duelos.

Pelo Brasileirão, no próximo domingo, às 16h, o Flamengo faz o clássico com o Fluminense (atual vice-líder do campeonato), no Maracanã. Porém antes, tem o São Paulo, também no Maracanã, pelo jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. A partida acontecerá na próxima quarta-feira, às 21h30 e como o rubro-negro venceu por 2×0 no Morumbi, tem a vantagem de perder por até um gol de diferença, que garante a vaga na finalíssima do torneio nacional.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook