ayrton
Marcelo Cortes/CRF

O Flamengo quer ficar com Ayrton Lucas e o lateral-esquerdo deseja permanecer, mas a negociação é considerada difícil. Seu contrato de empréstimo se encerra ao fim desta temporada e o Spartak Moscou (RUS), detentor de seus direitos, faz jogo duro para vendê-lo ao Rubro-Negro.

O preço estipulado é de 9 milhões de euros (cerca de R$ 46,5 milhões) e os russos rechaçam um novo empréstimo. A diretoria do Fla considera o valor alto e negocia a forma de pagamento, tentando reduzir esta quantia. Ela também conta com a vontade do jogador para sensibilizar os dirigentes do Spartak.

No vínculo atual do lateral havia um dispositivo de compra automática caso ele atuasse por 45 minutos em pelo menos 65% dos jogos na temporada, mas esta meta não será cumprida mesmo que atue durante toda a partida contra o Avaí neste sábado (12).

Apesar de ser mais tímido, Ayrton Lucas é querido pelo elenco, que já manifestou em algumas oportunidades o desejo de que o jogador fique para o ano que vem. Após o título da Libertadores, por exemplo, ainda na zona mista do estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil (EQU), o volante João Gomes, um de seus melhores amigos no grupo, passou pelos jornalistas e deu seu recado:

“Fica, Beijinho, em 2023! Eu apoio!”.

“Beijinho” é o apelido carinhoso que os companheiros de Flamengo deram a Ayrton Lucas se referindo à tatuagem que o lateral esquerdo possui no pescoço em formato de beijo.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook