Isla
Reprodução

O lateral direito do Flamengo, Maurício Isla, será baixa não só no Flamengo, mas também na seleção Chilena. Isso porque o jogador, convocado para a rodada dupla das eliminatórias, esteve em contato com um indivíduo que testou positivo para a COVID-19. Por esse motivo, o jogador terá de ficar em quarentena.

A princípio, Isla testou Negativo para COVID-19 e está com a vacinação em dia. Contudo é protocolar a permanência em quarentena, nesses casos. Ao todo, o lateral terá de ficar 7 dias isolado até voltar aos campos.

A Federação Chilena de futebol enviou um comunicado explicando a situação:

“O Corpo Médico da Seleção Chilena e Mauricio Isla, comunicam que nesta terça-feira, 9 de novembro, foram informados que se trata de contato próximo de um caso positivo de Covid-19, antes de entrar na concentração de nossa Seleção.

Encontrando-se assintomático, com seu programa de vacinação completo e PCR negativo, de acordo com as normas sanitárias do país, passou a realizar um período de isolamento de 7 dias a partir do dia do contato, em sala diferente da de nossa delegação sob a devida supervisão. médico.

É de notar que todo o resto da delegação é PCR negativo.”
Em suma, sem Maurício Isla, o Flamengo tem compromisso pelo Brasileirão, mesmo com data FIFA. O rubro-negro recebe o Bahia, no Maracanã, nesta Quinta, às 19h. O time comandando por Renato Gaúcho ainda sonha com o título nacional e a vitória é fundamenta.