Foto: Flamengo

O Flamengo já tem um novo treinador! Trata-se de Dorival Júnior, de 60 anos, que estava no Ceará. Ele assinou contrato com o Mais Querido até dezembro de 2022 e chega para comandar o time nas disputas do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores.

Dorival é uma boa contratação, um interino de luxo

Assim como em 2018, mas na gestão Bandeira de Melo, Dorival foi contratado para assumir o Flamengo em um ‘tiro curto’ na reta final do Brasileirão, e ainda assim, quase foi campeão naquela ocasião.

Em minha percepção Dorival é um ‘interino’ de luxo, porque sabemos que se ele fizer um trabalho mediano, não será tão cobrado pela torcida. Se conseguir títulos, salvou um ano fracassado. O contrato até o fim de 2022, é um resumo dessa exigência também.

É claro que essa análise contém todo o respeito com o novo técnico que está no comando da Gávea com seus méritos, a palavra ‘luxo’ é honrosa porque não é a primeira vez que Dorival assume o ‘trabalho sujo’ no Clube. Não tem tanto nome pra ser um técnico classe A e nem tanto para ser considerado um técnico fraco ou médio.

Mas aliás, era o que o Flamengo precisava? Talvez, nem a diretoria saiba responder essa questão. Dorival vai assumir um time que tem potencial para muito, mas que tem entregado pouco. A maior missão vai ser extrair o melhor de cada um, seja na preparação física, técnica ou mental.

Em falar em mente, Dorival tem bagagem para isso. Além de ter treinado o Flamengo por 2 vezes, fez bons trabalhos no Santos. Comandou Neymar, Ganso e até o próprio Gabigol. Tem um bom vestiário assim como Renato Gaúcho, mas procura e se interessa em estudar assim como o Ceni.

Sem holofotes, podemos dizer que sim, Dorival é uma boa contratação vide com o que temos no cenário atual. Não podemos exigir grandes goleadas e ótimas transações táticas, podemos exigir vitória e que pelo menos o Flamengo termine a temporada de forma digna e, acredito que sim, ele possa fazer isso.

SRN

Twitter: @pabloraphaelrua

Comentários do Facebook