Manifestações em Lima adiam estreia do Flamengo. Foto: Buda Mendes
Manifestações em Lima adiam estreia do Flamengo. Foto: Buda Mendes

O  Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de janeiro, publicou, hoje, decisão a respeito do caso de racismo, contra Gabigol no jogo válido pelo Campeonato Carioca, onde o atacante Rubro-Negro foi alvo de ofensa racista por parte de torcedores do Fluminense. Na ocasião, o jogador classificou o episódio como “inadimissível”.

O Pleno do TJD-RJ manteve a decisão da 7ª  Comissão Disciplinar e absolveu o Tricolor das Laranjeiras.  Ainda na mesma sessão, e a respeito da mesma partida, converteu a multa de R$20 mil aplicada ao Flamengo pelo pagamento de 50 cestas básicas. A punição foi por conta de cantos homofóbicos da torcida do Mais Querido no mesmo clássico.

O Flamengo, que havia contestado a multa, terá ainda que promover reunião com os líderes das principais torcidas organizadas, no intuito de informar sobre as sanções que podem ser impostas por atos assim. A informação foi dada pelo Portal UOL Espertes.

SRN

Sílvia Lima

Comentários do Facebook