Vítor Pereira pode ter roteiro final parecido com o de Domenec

Caso se concretize a demissão de Vítor Pereira, podemos dizer que o roteiro do treinador é parecido com o de Doménec Torrent, que passou pelo clube em 2020. Naquele ano, após vários resultados insatisfatórios, o Flamengo também sofreu quatro gols, mas diante do Atlético-MG, em derrota por 4 a 0 no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro. Domenec, que tinha 3 meses no cargo, só cairia no dia seguinte.

 

É curioso porque o discurso do ex-auxiliar de Pep Guardiola foi bastante semelhante ao de Vítor Pereira após a goleada, no domingo, sem dar qualquer indício que a saída do cargo se avizinhava. Em 2020, foi também uma reunião com Braz, na segunda-feira, que colocou fim à passagem de Domenec Torrent no Rio de Janeiro.

 

Outra semelhança com o cenário atual com Vítor Pereira é que o espanhol também estava protegido em contrato por uma multa milionária: algo próximo de R$ 13 milhões, valor similar ao que também é previsto caso o Flamengo opte por demitir seu atual comandante.