brb
reprodução

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) emitiu um ofício na última semana para avaliar possível infração no contrato entre Flamengo e o Banco de Brasília (BRB). As declarações da diretora de responsabilidade social do clube , e esposa de Rodolfo Landim, Ângela Machado, são o motivo do pleito.

No documento, o órgão explicou o questionamento à diretoria do BRB sobre as declarações: “O objetivo é verificar se houve violação de cláusula contratual que diz respeito a não adoção ou apoio de práticas de discriminação negativa e/ou injuriosa, relacionada à raça, cor, sexo, religião, orientação sexual, origem ou qualquer outra característica pessoal de seus profissionais”.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook