Divulgação

A temporada 2021 começou para o Flamengo de uma maneira diferente. O clube vendeu mais jogadores do que comprou. Isso porque, com a pandemia, o clube deixou de ganhar bastante receita e por isso a necessidade de se fazer caixa. No entanto, o rubro-negro está de olho no mercado e um nome, Anderson Talisca, que atua na liga Chinesa, demonstrou interesse do clube.

Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, Talisca tem  grandes chances de sair do seu clube atual, o Guangzhou Evergrande. Dessa forma, com o vínculo  até junho do ano que vem, o clube chinês pode perder o meia de forma gratuita em 2022, desde que não haja uma renovação.

No Brasil, Anderson Talisca atuou pelo Bahia.
No Brasil, Anderson Talisca atuou pelo Bahia. Foto: Divulgação

Ainda segundo Nicola, fontes revelaram que o Vice de futebol Marcos Braz, se encontrou com o empresário de Talisca, Carlos Leite. O dirigente fez uma consulta sobre a situação do meia, mas uma volta ao Brasil é visto como um cenário bastante difícil por conta do alto salário que o jogador tem na equipe Asiática. Atualmente Anderson Talisca recebe cerca de 3 milhões e meio de reais por mês na China.

Enquanto isso, o Flamengo analisa o mercado em busca de boas opções. De antemão, Marcos Braz falou sobre a busca do rubro-negro por reforços ainda nessa temporada.

“O Flamengo sempre tem nomes sendo analisados. Sempre tem. Mas também não podemos fechar os olhos para a pandemia e todos tiveram perdas enormes. O Flamengo se encaixa nisso. Nessa janela, talvez, não seja da mesma forma. Talvez, com inteligência, e com boas ideias a gente faça contratações no meio do ano”, declarou ao jornalista Venê Casagrande, do portal “O Dia”

Enquanto não chega a um acordo por novos reforços, o rubro-negro se prepara para encarar o Volta Redonda, na noite deste Sábado, no Maracanã. O duelo é válido pelo segundo jogo das semifinais do campeonato carioca.