Foto: Vitor Silva/BFR

Parece piada, mas não é. Infelizmente, na noite desta quinta-feira, aconteceram diversas cenas lamentáveis no estádio Nilton Santos, antes, durante e após o clássico entre Botafogo e Flamengo. Diversos torcedores rubro-negros entraram escondidos nos setores destinados aos botafoguenses e alguns deles sofreram agressões graves. Um torcedor alvinegro foi confundido e apanhou simplesmente por acharem que ele era flamenguista (como se isso fosse motivo pra apanhar).

Sua esposa, Ana Paula, contou em entrevista ao site GloboEsporte.com, que o taxista sempre foi alvinegro e que foi um milagre ele estar vivo. Além das agressões sofridas, o torcedor teve seus pertences levados.

“No momento do gol do Flamengo, ele decidiu ir ao banheiro e depois iria embora. Ele é taxista, trabalhador e pai de família. Meu marido foi espancado ao ponto de estar sem o dente da frente, com escoriações pelo corpo… Ele levou muitas pancadas na cabeça, não sei como ele está vivo. Foi um milagre! Isso é vandalismo puro além de espancado levaram a camisa do Botafogo , o celular e o cordão”

O site UrubuInterativo.com repudia qualquer tipo de violência nos estádios do Brasil.

Comentários do Facebook