Foto: Divulgação/Urubu Interativo

O Flamengo está montando uma verdadeira Seleção. Além dos jogadores que já estavam no plantel, com a janela de transferências, mais craques começam a compor o elenco Rubro-Negro. E com a Copa do Mundo de 2022 já “batendo na porta”, quem do Mais Querido pode cavar uma vaguinha na maior competição do planeta?

No momento, o Flamengo tem 8 jogadores que já atuaram na Seleção Brasileira: Gabigol, Pedro, Everton Ribeiro, Filipe Luís, David Luiz, Rodrigo Caio, Cebolinha e Santos. Além deles, o Mengão ainda conta com Vidal e Pulgar, que já defenderam a Seleção do Chile, que não estará na Copa de 2022. Arrascaeta e Varella jogam pelo Uruguai, que conseguiu se classificar para a competição do fim de ano.

Quais deles podem ter uma oportunidade no Mundial de 2022?

(Critérios escolhidos: Momento, confiança do Tite no jogador e disputa da vaga com outros jogadores)

Brasil

Gabigol

Gabigol pelo Brasil. Foto: Miguel Schincariol

Um dos maiores problemas de Tite no Brasil é o camisa 9. Apesar de não jogar com um centroavante fixo na área ultimamente, o técnico da Seleção Brasileira ainda não encontrou um jogador capaz de atuar da forma que ele procura. O improviso, até então, é com Neymar, que joga na função de falso 9.

Gabigol pode ser uma das escolhas do técnico para a Copa. Isso porque, o jogador tem bons números pelo Flamengo no ano, e flutua no ataque como o Tite tanto sonha. No Brasil, Gabi já foi convocado para jogar, e mostrou serviço, o que fez o técnico da Seleção Brasileira pedir aos torcedores para ter calma com ele. O poder de decisão do atacante no Mengão também é um ponto decisivo para a convocação do jogador, na competição mais importante do mundo.

Na posição, o atacante disputa vaga com nomes como Firmino, Richarlisson, Gabriel Jesus e também Pedro, seu companheiro de equipe. Jesus tem a opção de jogar em outras posições, além de centroavante, e vem fazendo uma boa estreia pelo seu novo time, Arsenal. Sem dúvidas, Jesus é o grande concorrente para a vaga, já que Tite tem confiança no trabalho do jogador. No entanto, Gabigol viria como uma opção no banco de reserva.

Chances: 7/10

Pedro

Pedro fez apenas um jogo pelo Brasil. Foto: Ricardo Nogueira
Pedro fez apenas um jogo pelo Brasil. Foto: Ricardo Nogueira

Mais um nome para a posição de camisa 9. Antes de Dorival, Pedro já havia sido convocado por Tite, mas o mesmo chegou a dizer que não poderia seguir chamando o camisa 21 do Flamengo, justamente por falta de minutagem com seu time.

Com a chegada de Dorival, a expectativa de que Pedro apareça novamente na lista do técnico é alta. Até porque, o jogador tem ótimos números pelo Mengão, seja com gols, assistências ou passes decisivos. Artilheiro nato, Pedro tem sido observado por Tite para um teste, que seria o último antes da Copa. A meu ver, uma convocação do jogador para o Mundial depende exclusivamente do seu desempenho nesse amistoso.

O ponto negativo de Pedro é justamente o tempo. O jogador tem apenas um jogo com o técnico do Brasil, e talvez, possa ser arriscado levar um atleta dessa forma para uma competição tão grande e seletiva. Quanto a disputa de vaga, o jogador vem entregando mais do que muitos centroavantes que estão no páreo. Tite quer arriscar?

Chances: 7/10

Everton Ribeiro

Everton Ribeiro é o homem do Flamengo com mais chances de estar na Copa. Foto: Lucas Figueiredo

O jogador do Flamengo com mais chances de estar na “lista final” do Brasil. Mesmo com atuações ruins pelo Fla, há algum tempo, Everton Ribeiro não sai de forma nenhuma da lista de Tite. Junto com Gabigol, o camisa 7 disputou a Copa América de 2021. Everton chegou até a usar a camisa 10, na ausência de Neymar.

Além disso, Ribeiro tem números surpreendentes para sua posição na Seleção. Mesmo sendo esquecido nas últimas listas de Tite, que preferiu dar lugar a Coutinho, Everton voltou a brilhar sob comando de Dorival, fazendo sua função com maestria.

No meio de campo, ER7 tem duros concorrentes. Seguindo a última lista de Tite, o meia do Flamengo disputa a posição com Fred, Paquetá e Coutinho. No entanto, vale destacar que a FIFA aumentou o limite de jogadores para 26. Se continuar nesse ritmo, as chances do meia disputar sua primeira Copa do Mundo é altíssima.

Chances: 9/10

Filipe Luís

Filipe já disputou Copas pelo Brasil. Foto: Quinn Rooney

O experiente jogador do Mengão vem recuperando seu bom futebol. Pela Seleção, Filipe Luís já disputou Copa do Mundo e Copa América. No entanto, o lateral já está em fim de carreira, e oscila bastante com lesões e desgaste físico.

Com a disputa da vaga com jogadores como Alex Sandro e Alex Telles, as chances de Filipe estar na lista final são nulas, mesmo com uma possível ausência desses jogadores. O lateral do Flamengo, com certeza, não está no radar do Tite (já há  algum tempo).

Chances: 0/10

David Luiz

David Luiz ficou “manchado” pelo 7×1 contra a Alemanha. Foto: Getty Images

Outro jogador de Copa do Mundo, David Luiz defendeu a amarelinha em 2014. Depois disso, mesmo com sua carreira indo bem na Europa, o zagueiro ficou manchado na Seleção, graças ao 7×1 contra a Alemanha.

Apesar de ter vindo para o Flamengo pensando em um possível retorno a Seleção e estar indo bem com Dorival Júnior, o jogador ainda fica atrás de jogadores como Eder Militão, Marquinhos, Thiago Silva e Gabriel Magalhães. A 4ª vaga de zagueiro está em aberto, mas David Luiz não é a prioridade: o jogador atuou na equipe de Tite apenas uma vez, em 2017.

Chances: 0/10

Rodrigo Caio

Rodrigo Caio foi campeão olímpico com o Brasil em 2016. Foto: Divulgação

Infelizmente, por questões físicas, o zagueiro do Mengão não estará na Copa do Mundo. Isso porque, Rodrigo era constantemente convocado por Tite para jogos do Brasil, e muito especulado para fechar a vaga de 4º zagueiro.

Contudo, desde o ano passado, o defensor se vê sem poder entrar nos gramados por conta de uma grave lesão no joelho. Rodrigo já passou por cirurgia ao fim do ano, e voltou em grande estilo para o time do Fla, chegando a comentar que tinha esperanças em defender o Brasil de novo. No entanto, o zagueiro já se vê afastado mais uma vez dos gramados. Faltando 3 meses para a Copa, é difícil imaginar que Rodrigo se recupere a tempo para o Mundial. É uma pena!

Chances: 1/10

Everton ‘Cebolinha’

Cebolinha foi o artilheiro da Copa América de 2019. Foto: Reprodução/Instagram
Cebolinha foi o artilheiro da Copa América de 2019. Foto: Reprodução/Instagram

Essa é mais um dos nomes que entra na posição: só o tempo dirá! Isso porque, Cebolinha chegou recentemente ao Flamengo, e até então, teve poucas oportunidades em mostrar serviço. Everton é velho conhecido de Tite, e chegou a ser o artilheiro da Copa América em 2019, com a missão de substituir Neymar.

A ida para o futebol português afastou Cebola da Seleção Brasileira, que apareceu na lista do Brasil em maio de 2021, para as Eliminatórias. A habilidade de Everton é incontestável, com dribles curtos e alto poder de decisão de forma rápida, pegando seus adversários de surpresa. Na disputa da posição, vem o problema: Cebolinha compete com Vini Jr., Gabriel Martinelli e até mesmo Neymar, caso considere a posição de origem do jogador. No momento, Everton fica muito abaixo do que os outros atletas vêm apresentando de futebol. Há 3 meses da Copa, isso é difícil de mudar.

Chances: 3/10

Santos

Santos defendeu o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Foto: Lucas Figueiredo
Santos defendeu o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Foto: Lucas Figueiredo

O goleiro do Mengão foi uma das melhores contratações do Fla. Já consagrado pelo seu antigo clube, Santos foi campeão olímpico com o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Atualmente, o goleiro passa extrema segurança sob a trave, e é titular absoluto com Dorival.

Porém, na Seleção Brasileira, Santos é claramente a 4ª opção. O único setor que está 100% definido para Tite é o de goleiros: Weverton, Ederson e Alisson são os arqueiros do Brasil para esta Copa. Apenas em caso de contusão, algum desses jogadores não estarão na lista final. Pela sequência, experiência e segurança de Santos, Tite pode escolher o goleiro do Fla, caso precise repor algum de seus arqueiros para a Copa.

Chances: 5/10

Comentários do Facebook