Flamengo campeão da Supercopa 2021 – Foto: Marcelo Cortes

Após uma longa novela e clima quente nos bastidores, a CBF definiu o palco da Supercopa do Brasil. Conforme informado pelo “ge”, a partida será disputada na Arena Pantanal, em Cuiabá, no dia 20 de fevereiro, às 16h (de Brasília). Desde o fim ano passado havia indefinição sobre o local do duelo.

O Atlético-MG chega para disputar o título após conquistar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil na temporada de 2021. Por sua vez, o Flamengo entra na disputa após ser vice-colocado no Brasileirão. Vale ressaltar que o regulamento rege que caso um clube vença as duas competições nacionais (Atlético-MG), o segundo colocado do Campeonato Brasileiro (Flamengo) entra na disputa com o grande campeão.

Conforme citado anteriormente, o clima já é quente antes mesmo da bola rolar. Recentemente, o dirigente do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, se manifestou propondo que a decisão da Supercopa fosse disputada em Belo Horizonte, pelo fato do clube mineiro ter conquistado Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Nesse sentido, após a fala de Rodrigo Caetano, dirigentes do Mais Querido foram contatados e vieram às redes sociais para rebater. Cacau Cotta, diretor de relações externas e Luiz Eduardo Baptista, presidente do conselho de administração, comentaram sobre o discurso do executivo do Galo.

“Por isonomia, não pode ser no Rio de Janeiro e nem em Minas. Então, avisa a ele que quem tem desejo é grávida”, Cacau ao site ‘Coluna do Fla’.

“Ele não tem que desejar nada, o Rodrigo não tem que propor nada. É o regulamento. Não é o desejo do Flamengo e nem do Atlético. É a CBF que tem que decidir”, Cacau ao portal ‘GOAL’.

“Sobre a decisão do local da decisão da Supercopa, eu fico aqui pensando se fosse o Flamengo reclamando e não aceitando jogar em nenhum local e a CBF tolerando todo esse mimimi. O que o mundo falaria? É o que o Atlético tem feito, com a complacência da mídia em geral”, Bap através da rede social.

Cabe destacar que durante essa indefinição sobre o local da partida, o Mané Garrincha chegou a avisar que seria a sede da decisão. No entanto, devido ao avanço dos casos da Covid-19 e, consequentemente, a proibição de público nos estádios, houve um recuo. O Castelão, em Fortaleza, também foi cotado para ser o palco da Supercopa 2022.

O Flamengo é o atual bicampeão da competição, com títulos conquistados em 2020 e 2021, contra Athletico-PR e Palmeiras, respectivamente.

SRN

Twitter: @dioguinho_fb

Comentários do Facebook