Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Gabigol está com moral internacionalmente. Campeão da Libertadores e também do Campeonato Brasileiro, o atacante que já teve passagem pela Europa, não definiu seu futuro no Flamengo. Em entrevista ao jornal “The Sun”, Gabriel disse que gostaria de jogar na Premier League.

“Gosto muito da Premier League. Combina técnica, força e velocidade. Sempre acompanho os jogos do Brasil. Realmente é um lugar que eu gostaria de jogar. É uma das melhores ligas do mundo. Todo jogador sonha em ser campeão e ganhar a Premier League deve ser indescritível”.

Gabigol é chamado de “Goal Machine” pelo jornal inglês

Mesmo após as declarações, o atacante respeitou o Flamengo e deixou claro que só vai tomar alguma decisão após o fim do Mundial de Clubes.

“Mas ainda tenho contrato com a Inter de Milão e com o Flamengo até o fim de 2019. Temos um torneio muito importante para frente e meu foco está totalmente nele. Vou pensar no futuro depois desta competição”.

O atacante elogiou bastante seu compatriota, Roberto Firmino, atacante do Liverpool, possível adversário do Flamengo no Mundial.

“Ele (Firmino) é um grande atacante e tem sido ótimo na Seleção. É uma pessoa em que eu me inspiro. Seria um prazer jogar com ele. Talvez a gente possa jogar juntos pelo Brasil no futuro e o Liverpool é um time que todo mundo quer jogar. Mas é difícil falar sobre isso no momento. Meu foco é totalmente no Mundial de Clubes”.

Gabigol foi perguntado sobre sua passagem frustrada pela Europa, e reconheceu sua imaturidade naquele momento.

“A Europa é o lugar natural para todos os jogadores que se destacam no Brasil, mas as coisas não saíram como imaginei na minha primeira passagem. Adaptação nunca é fácil, apesar de estar com a minha família lá. É uma nova cultura, novo país, novo jeito de jogar. Tudo isso, querendo ou não, acaba mexendo com você. Mas não me arrependo de ter ido. Nunca me curvei diante das dificuldades e sempre dei o meu máximo porque acredito no meu potencial e sei o quanto posso aprender e melhorar”.

Comentários do Facebook