Fla
Foto: Paula Reis / CRF Foto: Paula Reis / CRF

No Dia Mundial do Meio Ambiente, o Fla realizou o evento “Inclusão Rubro-Negra” na sede do remo, com foco na inclusão social para crianças com deficiência. Cerca de 50 crianças e seus responsáveis estiveram presentes e se divertiram numa manhã repleta de atividades ao ar livre, brincadeiras adaptadas, atividades pedagógicas e passeios de barco e pedalinhos pela Lagoa.

Na oficina de horta, crianças e familiares ganharam mudas de hortaliças. A animação foi garantida com a presença do Binho, mascote do Fla, e do atleta paralímpico de remo Michel Pessanha, que interagiu e distribuiu autógrafos para a criançada.

Conciliando inclusão e educação ambiental, o objetivo do evento foi promover um espaço de interatividade e lazer ao ar livre, combatendo a invisibilidade e a exclusão social as quais essas pessoas são muitas vezes submetidas.

“A gente vê os nossos filhos poder brincar, poder fazer o que for sem ninguém olhar para eles com discriminação, ninguém olhar para eles diferente… eles se sentem acolhidos, eles se sentem bem. Foi tudo maravilhoso! Desde a entrada, as oficinas, as brincadeiras, o piquenique… a nossa palavra é Gratidão” disse Patricia Affonso Costa, mãe do Davi Affonso Costa de 8 anos, que esteve presente ao evento.

Na sede social da Gávea, as crianças e familiares aprenderam sobre a história do Mais Querido através de uma visita pedagógica guiada pelo Educativo do Museu Flamengo. Também marcaram presença no evento as equipes do Corpo de Bombeiros e do CEMADEM – Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, que participaram com oficinas pedagógicas e informações de interesse público.

Texto: site oficial do Flamengo

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook