Rodrigo Caio
GIlvan de Souza/Flamengo

Com uma das piores atuações na temporada, o Flamengo perdeu em casa para o lanterna do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza por 2×1, na tarde desde domingo. O resultado revoltou os mais de 63 mil presentes no Maracanã, que xingaram dirigentes e o técnico da equipe, o português Paulo Sousa. Rodrigo Caio, um dos pilares do time, falou sobre a derrota após o apito final do confronto:

O zagueiro admitiu que a equipe encontrou dificuldades de encaixar no estilo de jogo do Fortaleza, identificou melhora no segundo tempo e lamentou o gol de Hércules já nos minutos finais:

“Sabíamos das dificuldades do jogo. A colocação do Fortaleza não condiz com a qualidade da equipe, que é muito física. Encontramos problemas desde o início. Foi uma fatalidade no último lance. Fomos melhores no segundo tempo e eles queriam esse contra-ataque”, disse o zagueiro, que continuou…

“Sofremos um gol que dificulta demais. Queríamos colar lá em cima (na tabela), mas temos que seguir. Brasileirão é muita dificuldade. Vamos seguir trabalhando e buscar a vitória fora de casa.”

Os dois próximos compromissos do Flamengo são longe do Rio de Janeiro. Quarta-feira, diante do Bragantino, no Nabi Abi Chedid, às 20h30 (de Brasília), e sábado, às 21h, contra o Inter, no Beira-Rio.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook