Mario Fernandes, lateral do CSKA. Foto: Reprodução

2022 será um ano mais curto no futebol brasileiro devido a Copa do Mundo que acontece em novembro, onde reforçar o elenco para encarar a maratona de jogos pode decidir o sucesso do Mais Querido. Com isso, rumores de possíveis reforços marcam a rotina do Flamengo, e o nome da vez se trata de Mario Fernandes, 31 anos, brasileiro naturalizado russo, atualmente jogando no CSKA de Moscou, na Rússia.

Revelado pelas categorias de base do São Caetano, com 18 anos já atuava pelo Grêmio, onde ficou no clube até 2012, sendo vendido por 10,5 milhões de euros para seu atual clube, CSKA da Rússia, no qual permanece até o momento. Seu valor de mercado atual é  de 14 milhões de euros (Transfermarkt). Naturalizado com cidadania russa, ele atua pela seleção do país, sendo titular incontestável na lateral direita, onde fez boas atuações na Copa do Mundo de 2018, chegando até as quartas de finais eliminando nos pênaltis a Espanha. 

 

Qualidades

Com 1,87m de altura, Mario Fernandes se destaca pelo seu vigor e imposição física, principalmente exigido no campeonato nacional russo, de bastante pegada e força. No atual clube, atua pelo setor direito do campo, onde joga como lateral, mas também pode jogar em uma formação com 3 zagueiros na posição de ala direito, ajudando na construção de jogo por fora, chegando bem a linha de fundo para executar cruzamentos. Nas últimas temporadas tem mantido uma boa regularidade, com uma média de 7.17 no SofaScore.

O que o destaca em seu jogo são seus números no setor defensivo. Na atual temporada chegando no fim, nos duelos ganhos em bolas aéreas, por exemplo, tem uma média de 72%, e uma taxa de 0,4 dribles tomados por jogo, mostrando que é o clássico lateral que prioriza a defesa antes de poder atacar. Em relação as faltas cometidas, também com uma taxa de 0,4, e apenas 4 cartões amarelos e nenhum vermelho, deixa claro que não se trata de um jogador desleal ou muito faltoso.

Entretanto, não significa que não saiba atuar no setor ofensivo. Como atua entre os 3 maiores clubes da Rússia, muitos jogos o CSKA é quem dita o ritmo, jogando em uma construção ofensiva onde ele passa a atuar mais como ala, parecido com o que Paulo Sousa implementa hoje no Flamengo. Possui uma taxa de 1.2 passes decisivos por jogo, com uma precisão de passe de 82% na última temporada.

Valeria a pena?

É claro que hoje o setor direito do Flamengo possui uma carência, devido a irregularidades das opções que atuam por esse setor, principalmente dos jogadores Isla e Rodinei, que colecionam erros que custaram resultados positivos para o Flamengo. Em números ofensivos, Mario Fernandes é próximo dos que hoje estão no elenco, mas seu bom desempenho na recomposição defensiva e principalmente nas bolas aéreas, calcanhar de Aquiles do Flamengo nos últimos jogos, podemos considerar que seria um reforço bem interessante para o resto da temporada.

 

 

Comentários do Facebook