Arão-Paulo-Sousa-Flamengo
Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

O Mais Querido está acostumando a quebrar recordes, ganhar títulos, superar marcas e ter nímeros que impressionam a qualquer um. Desta vez, de forma negativa, o Rubro-Negro entra para uma estatística não muito agradável. O Clube Carioca fez uma sequência de três gols contra consecutivos, que o tornaram o primeiro clube na Libertadores a conseguir tal façanha.

Na semana passada, quando venceu o Universidad Católica,do Chile por 3 a 2, Isla e Pablo marcaram gols contra. No jogo de ontem foi a vez de William Arão. Após a partida, o técnico Paulo Sousa se manifestou sobre o assunto:

“Numa atmosfera como essa nem sempre se escuta dentro de campo. Acho que o Arão tentou cortar a linha de passe, o Santos tentou chegar na bola, interferiu na comunicação. Acho que dessa vez foi um lance de azar”, concluiu.

O Flamengo entra em campo, no próximo domingo as 11h, contra o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro. A partida será no estádio Mané Garrincha.

 

SRN

Sílvia Lima

Comentários do Facebook