Landim
Reprodução

O presidente Rodolfo Landim publicou no site oficial do Flamengo, na madrugada após o empate do Mais Querido contra o Fluminense, uma carta em que diz que irá desistir da presidência do Conselho de Administração da Petrobras. O motivo, segundo ele, é poder dedicar mais tempo ao Clube, motivado pelos recentes fracassos esportivos do time.

A íntegra da carta:

Caro Sócio e torcedor rubro-negro

Como já foi amplamente divulgado pela imprensa, tive a honra de ter meu nome indicado para a presidência do Conselho de Administração da Petrobras.

Depois de mais de 26 anos trabalhando na empresa, tendo exercido vários cargos na sua alta administração, o convite feito seria um retorno a um local que por muito tempo fez parte de minha vida.

Apesar do tamanho e da importância da Petrobras para o nosso País, e da enorme honra para mim em exercer este cargo, gostaria de informá-lo que resolvi abrir mão desta indicação, concentrando todo meu tempo e dedicação para o ainda maior fortalecimento do nosso Flamengo.

Encaminhei ao Exmo Ministro de Minas e Energia, Sr. Bento Albuquerque, um documento com esta posição, deixando claro meu agradecimento pelo convite e relatando minha preocupação em não conseguir, dada a dedicação que as duas instituições demandariam nesse momento, exercer ambas as funções com a excelência por mim desejada e à altura que a Petrobras e o Flamengo merecem.

Em relação ao Flamengo, os últimos acontecimentos me demonstraram a necessidade de termos todos nós o compromisso de um grau ainda maior de dedicação e foco ao Clube.

VEJA MAIS

Com Santos e Ayrton Lucas, Fla divulga lista dos inscritos na Libertadores

Torcedores Rubro-Negros exigem a demissão de Paulo Sousa e pedem a volta de JJ

SRN

Twitter: @pabloraphaelrua

Comentários do Facebook