A Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) denunciou nesta segunda-feira o Fluminense pelos gritos de “time assassino” da torcida no clássico contra o Flamengo na última quarta, pela quarta rodada da Taça Guanabara, em alusão à tragédia do Ninho do Urubu que matou 10 jogadores da base rubro-negra no ano passado.

O Fluminense foi enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência. O clube ainda não foi citado porque a denúncia só será oficializada na terça-feira. Ela foi entregue pela Procuradoria no fim da tarde desta segunda e não deu tempo de o tribunal publicar no mesmo dia.

Comentários do Facebook