Será que o meia Gérson fica no Flamengo? vai para o Barcelona? O futuro do meio-campista de 22 anos, umas das sensações da equipe do técnico Jorge Jesus tem sido tema de debate a cada grande exibição em campo. Para acabar com a agonia da nação rubro negra, Marcão, pai e empresário do jogador rubro-negro, tratou de colocar um ponto final nos boatos de possível saída na abertura da janela de transferências.

“A preferência é estar no Flamengo […] Dinheiro nenhum traz a felicidade que estou vendo no meu filho. Ele está feliz, jogando no time que ama”, disse Marcão sobre Gérson.

Gerson ao lado do Pai. Foto: Divulgação/Coluna do Fla

Em entrevista ao programa “Bola em Jogo”, da Super Rádio Tupi, no último domingo (1), o pai do meia do Mengão confirmou o contato do Barcelona, da Espanha, para colher informações sobre uma possível negociação com seu filho, mas negou intenção de negociação.

O empresário não tirou a possibilidade de uma grande proposta levar a saída do atleta do Flamengo, mas ressaltou que, neste momento, a prioridade é seguir no Rio de Janeiro e cumprir o contrato.  O clube carioca também vive momento estável financeiramente e não pretende abrir mão facilmente de sua joia.

“Minha neta está feliz, meu filho está feliz, eu estou feliz. Então, esquece (a chance de sair). Tem 4 anos e meio de contrato, e só cumpriu 5 meses”, finalizou.

Esquecido na Roma e Fiorentina, da Itália, após surgir com destaque no Fluminense, Gerson foi contratado como uma aposta do Flamengo após a Copa América, aceitou atuar na função de segundo volante pelo excelente vigor físico, passe qualificado e visão de jogo diferenciada e entrou para o hall de intocáveis do time de Jorge Jesus.

NÚMEROS DE GERSON PELO FLAMENGO

Em 32 partidas com a camisa do Flamengo, o meio-campista de 22 anos fez quatro gols, colaborou com quatro assistências e se sagrou campeão da Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro com atuações de destaque.

Segundo dados do Footstats, site especializado em estatísticas de futebol, o atleta fez 45 desarmes, deu 23 passes para finalizações, 589 passes para marcar um gol e quatro viradas de jogo certas na conquista do título brasileiro. De quebra, ele ainda ouviu o técnico Tite dizer que tem a intenção de convocá-lo para defender a Seleção Brasileira num futuro próximo.

 

Fonte: Torcedores.com

Comentários do Facebook