Landim
Reprodução

O fim do ano está na porta e o Flamengo está em paz com os títulos e com sua torcida. Contudo, um assunto extracampo, ganhou as páginas esportivas do clube nessa semana.

Após o resultado das últimas eleições presidenciais no último domingo (31) e a comprovação da vitória de Lula sobre Bolsonaro, a esposa do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, a senhora  Ângela Rollemberg Santana Landim Machado, postou uma mensagem nas redes sociais, que não agradou o povo nordestino, principal reduto eleitoral do candidato vencedor das eleições.

Ângela, que também é diretora de responsabilidade social do Mengo foi acusada de ‘atacar’ o Nordeste. No Instagram, a dirigente publicou: “Ganhamos onde se produz, perdemos onde se passa férias. Bora trabalhar, porque se o gado morrer, o carrapato passa fome”.

Devido a repercussão negativa, Rodolfo Landim falou ao “canal do Benja”, sobre o ocorrido:

“De forma distorcida no próprio Instagram dela, ela repostou uma mensagem que ela recebeu. Foi isso que aconteceu. Ângela é uma pessoa extremamente religiosa. Ela é católica praticante, fervorosa. É uma pessoa que adora as pessoas. Dentro do Flamengo, ela é uma verdadeira unanimidade. Todos os funcionários do clube adoram a Ângela, amam ela. Ela é uma pessoa adorável para quem a conhece”, disse Landim.

Vale lembrar, que devido à repercussão negativa da frase publicada por Ângela Landim, o benemérito do Flamengo, Siro Darlan Oliveira, entrou com pedido de destituição da dirigente do cargo de diretora de responsabilidade social.

Twitter: @diego_alarconf

 

Comentários do Facebook