rodinei
Gilvan de Souza/Flamengo

Um dos destaques do time do Flamengo desde que Dorival Júnior chegou, Rodinei não vai renovar seu contrato com o Flamengo. Isso quem garante é seu empresário, Ricardo Scheidt. Além disso, o empresário também falou sobre o interesse do River Plate em contar com o lateral após o término do seu vínculo no Brasil, no fim deste ano.

“Estamos trabalhando esta possibilidade, não é de hoje”, disse o agente, em contato com a ESPN. “Há alguns meses falamos para o River da disponibilidade do jogador. Eles mostraram interesse. Mas não há nada certo”, complementou.

Empresário diz já ter comunicado sobre a saída de Rodinei

Vale lembrar, que ao ser perguntado sobre a situação do lateral, Marcos Braz só disse que o atleta tem contrato até 31 de dezembro e despistou sobre a renovação. Entretanto, Scheidt, foi enfático ao dizer que Rodinei não fica no clube e alega inclusive, já ter avisado ao rubro-negro sobre a decisão.

“Há três ou quatro meses, avisamos ao Flamengo que o Rodinei iria procurar novos ares. Nada contra o Fla. E ele quer sair campeão”, disse. “Depois de nossa decisão sair, houve muita procura no Brasil. Não abrimos negociação com ninguém. Nem com o River. Houve um contato. Depois de disputadas essas finais, vamos conversar.”

“Rodinei é o melhor lateral do Brasil. É um cara forte física e mentalmente. Ele está muito focado. Poucos jogadores aguentariam o que ele aguentou no Flamengo. Os próprios jogadores do Fla falam isso para ele. Mas ele sempre manteve o foco e jogou o melhor. Agora estão reconhecendo”, finalizou o agente.

Em suma, ainda segundo Scheidt, porém, o foco de Rodinei segue nas disputas decisivas que o Flamengo terá pela frente. O time construiu vantagem nas duas semifinais que disputa, com vitórias fora de casa por 4 a 0 sobre o Vélez Sarsfield na Conmebol Libertadores e 3 a 1 diante do São Paulo na Copa do Brasil.

“A situação agora é diferente. O período é mais curto. O Rodinei quer primeiro jogar as finais e ser campeão. Depois vamos ver.”

Twitter: @diego_alarconf

 

Comentários do Facebook