Rodolfo Landim, presidente do Flamengo. Foto: Divulgação
Rodolfo Landim, presidente do Flamengo. Foto: Divulgação

Em entrevista ao UOL, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, confirmou o interesse do Rubro-Negro em seguir administrando o Maracanã, mesmo com os projetos para um estádio próprio. Recentemente, o Governo do Rio lançou o edital de licitação do Templo Sagrado para os próximos 20 anos.

LEIA TAMBÉM: E daí que ganhou? Flamengo não aceitará erros da arbitragem mesmo em caso de vitória

A princípio, durante a entrevista, Landim explicou que o estádio no Gasômetro é um planejamento do futuro, por isso, o Mengão mantém o interesse na gestão do Maraca:

“Não temos opção melhor. Mas o futuro a Deus pertence”

Em outro momento, o presidente do Flamengo comentou sobre a relação com o Vasco, que recentemente, foi à Justiça para solicitar o uso do estádio. Quanto a isso, Landim comentou:

“O Vasco foi convidado formalmente a participar da concessão, e declinou na época alegando ter seu estádio e não precisar jogar no Maracanã”

Após a declaração, o presidente exaltou a gestão do Maraca durante a pandemia, em conjunto com o Fluminense.

“Flamengo e o Fluminense administram o Maracanã desde maio de 2019, enfrentamos o período de Covid com enormes prejuízos e ninguém pediu para jogar lá”

Por fim, Rodolfo Landim relatou um dos motivos pelo qual não apoia que o cruzmaltino possa sediar seus jogos no Maracanã. Veja a declaração:

“Existem inúmeros relatórios técnicos feitos por agrônomos demonstrando que jogos consecutivos com menos de 48 horas para manutenção do gramado têm um efeito danoso”

Depois disso, o dirigente completou:

“Vasco não respeita nada disso até porque é franco-atirador. Nada cria bom senso e compreensão por lá”

Siga o Urubu no YouTube!

Comentários do Facebook